Hong Kong usa aplicativo para rastrear não vacinados

O app mostra um código vermelho na página de check-in denunciando usuários não imunizados
-Publicidade-
O aplicativo é obrigatório para a entrada em locais públicos de Hong Kong
O aplicativo é obrigatório para a entrada em locais públicos de Hong Kong | Foto: Divulgação

Hong Kong está apertando o cerco contra a população não vacinada. Um aplicativo está expondo aquelas pessoas que não enviaram os registros de imunização.

Moradores da cidade estão resistindo a enviar o status de vacinação por questões de privacidade, mesmo com a pressão crescente de Pequim por medidas mais fortes em Hong Kong para controlar os casos de covid-19.

O aplicativo LeaveHomeSafe — obrigatório para a entrada em muitos restaurantes e outros locais públicos — foi atualizado e agora exibe um código QR vermelho em sua página de check-in para usuários que não se vincularam a um registro oficial de vacinação.

-Publicidade-

O aplicativo, que gerou controvérsia desde a introdução, foi atualizado no momento em que Hong Kong se prepara para iniciar um “passe de vacina”.

A partir de quinta-feira 24, a maioria dos locais públicos, de shoppings a escolas e restaurantes, vai barrar clientes que não tomaram pelo menos uma dose da vacina.

O vice-diretor de informações do governo da cidade, Tony Wong, negou que o aplicativo tem como função ser um dispositivo de rastreamento das pessoas não vacinadas.

Segundo ele, as informações sobre vacinação armazenadas no aplicativo são criptografadas e só poderão ser acessadas pelas autoridades de saúde se surgir um caso confirmado em um local que o usuário visitou, acrescentou.

Os legisladores já pediram que uma função de rastreamento fosse adicionada ao aplicativo LeaveHomeSafe, aproximando-se dos processos de rastreamento de contatos usados na China continental, que é baseado em localização e depende do registro de nome real.

Leia também: “A tirania dos passaportes de vacina”, texto de Fraser Myers publicado na edição 65 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

  1. Isso é o comunismo!!! Enquanto a Inglaterra tratará esta doença como uma gripe, o país causador desta zerda toda agora perseguirá a sua população para”rastrear” as pessoas que optaram por não se vacinar com uma vacina experimental. O Brasil, a despeito do governo federal, fará o mesmo. A boa notícia que um determinado estado, se livrará de um tirano….

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.