Investimento estrangeiro na China cresce 25% entre janeiro e julho

Nesta segunda-feira, o Ministério do Comércio Exterior do país divulgou os resultados
-Publicidade-
O presidente chinês, Xi Jinping
O presidente chinês, Xi Jinping | Foto: Huang Jingwen/Xinhua

O Ministério do Comércio Exterior da China registrou aumento de 25,5% do investimento estrangeiro direto (IED) na parte continental do país asiático, para 672,19 bilhões de iuanes (US$ 100,74 bilhões), nos sete primeiros meses do ano. O resultado aparece na comparação do uso real feita com o mesmo período do ano anterior. Em relação a 2019, o crescimento atingiu 26,1%.

De acordo com a agência chinesa de notícia Xinhua, o IED na indústria de serviços subiu 29,2% e representou 79,7% do total aplicado. O volume de recursos do exterior investido no setor de alta tecnologia saltou 34,1%.

Leia também: “Cientista da OMS revela pressão da China para órgão barrar tese de vazamento de laboratório”

-Publicidade-
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário

  1. Dizer algo, todos podem dizer. O problema é demonstrar se é verdadeiro. Tenho curiosidade em saber quem seria o corajoso de colocar seu rico dinheirinho naquela economia tão “transparente” assim.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro