-Publicidade-

Israel cria ‘clube de vantagens’ para vacinados contra o coronavírus

"Pegue o 'passaporte verde' e retome sua vida", incentiva primeiro-ministro
Vacina renderá vantagens em Israel
Vacina renderá vantagens em Israel | Foto: Artem Podrez/Pexels

Israelenses que tomaram as duas doses da vacina aplicada no país contra a covid-19 poderão acessar estabelecimentos como academias, clubes esportivos, hotéis, museus e teatros. A medida, similar a um “clube de vantagens”, começa a vigorar neste domingo, 21.

Leia mais: “Coreia do Sul: o caminho do meio no combate à pandemia”

De acordo com o governo de Israel, a entrada a determinados locais se dará de forma simples. Bastará mostrar o certificado digital de vacinação disponibilizado pelo Ministério da Saúde do país. A exibição do documento poderá ser feita por meio da tela de aparelho celular.

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu comemorou o momento de retomada da economia. “Somos o primeiro país do mundo a se reerguer graças às milhões de doses de vacinas que encomendamos”, afirmou no Twitter.

Netanyahu aproveitou para divulgar o programa que, na prática, concede benefícios a quem já e vacinou no país. “Vacinado? Pegue o ‘passaporte verde’ e retome sua vida”, sugeriu o primeiro-ministro.

Vacinação em Israel

Painel atualizado diariamente pelo site de Oeste mostra que Israel figura entre os cinco países que mais aplicaram doses de vacina contra a covid-19 em todo o mundo. No país do Oriente Médio, mais de 7,13 milhões de doses do imunizante da Pfizer/BioNTech já forma aplicadas.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês