Israel: tumulto em festa religiosa deixa 44 mortos e mais de 100 feridos

Celebração do festival 'Lag B'Omer', no Monte Meron, reuniu cerca de 100 mil pessoas em plena pandemia de covid-19
-Publicidade-
Celebração religiosa terminou em tragédia em Israel
Celebração religiosa terminou em tragédia em Israel | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Um festival religioso terminou em tragédia em Israel nesta sexta-feira, 30. Quarenta e quatro pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas após um tumulto durante a celebração do festival “Lag B’Omer”, no Monte Meron, que reuniu cerca de 100 mil pessoas em plena pandemia de covid-19.

Segundo as agências internacionais, há relatos de que crianças pequenas foram pisoteadas. Os feridos foram encaminhados a hospitais: pelo menos 18 pessoas estavam em estado grave, segundo autoridades locais.

-Publicidade-

Leia mais: “Faixa de Gaza tem 3ª noite de conflitos, e Netanyahu convoca reunião de emergência”

As primeiras informações dão conta de que uma arquibancada de metal teria desabado. Após o acidente, milhares de pessoas correram, mas as rotas de saída eram muito estreitas. O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, compareceu ao local e manifestou solidariedade às vítimas.

Leia também: “Festa religiosa na Índia deve reunir 150 milhões, e autoridades temem superdisseminação do coronavírus”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.