Johnson sofre derrota em região dominada por conservadores há 200 anos

Helen Morgan, do Partido Liberal Democrata, obteve quase 18 mil votos em reduto histórico da direita britânica
-Publicidade-
Partido Conservador, de Boris Johnson, sofreu derrota histórica em North Shropshire
Partido Conservador, de Boris Johnson, sofreu derrota histórica em North Shropshire | Foto: Pippa Fowles/Downing Street

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, sofreu uma derrota histórica em um reduto do Partido Conservador britânico. A legenda foi derrotada na região de North Shropshire, dominada pelos conservadores há quase 200 anos.

Nos últimos 189 anos, a região só não foi representada por um deputado conservador no Parlamento durante dois anos, entre 1904 e 1906, segundo informações do The Guardian.

A eleição em North Shropshire foi apontada por analistas como uma espécie de “referendo” sobre a gestão de Johnson, que recentemente protagonizou escândalos e viu cair sua aprovação junto aos britânicos.

-Publicidade-

Os resultados da votação foram anunciados nesta sexta-feira, 17. O Partido Liberal Democrata foi o vencedor, representado pela candidata Helen Morgan, que obteve quase 18 mil votos — a região tem 80 mil eleitores.

O candidato conservador Neil Shastri-Hurst ficou com pouco mais de 12 mil votos, seguido por Ben Wood, do Partido Trabalhista, com 3,6 mil.

Helen Morgan sucederá Owen Paterson, que governava a região desde 1997. Ele teve de renunciar ao mandato recentemente, acusado de pressionar integrantes do governo de Johnson para defender interesses de duas empresas para as quais atuava como consultor remunerado.

Em seu primeiro discurso depois da vitória, a candidata vencedora em North Shropshire afirmou que os eleitores enviaram uma mensagem “clara” a Johnson de que “o jogo acabou”.

O resultado em um reduto da direita britânica pode aumentar a insatisfação do partido com o desempenho do primeiro-ministro. Na terça-feira 14, Johnson enfrentou uma rebelião da bancada no Parlamento: 99 de 361 deputados conservadores (25%) não apoiaram as novas medidas de restrição para conter a covid-19.

A eleição em North Shropshire contou com uma participação do eleitorado muito inferior ao último pleito, em 2019. Apenas 46% dos eleitores compareceram às urnas, ante 63% de dois anos atrás.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.