Justiça anula condenação de ex-vice-presidente do Equador ligado à Odebrecht

O socialista Jorge Glas também foi condenado em caso envolvendo a empreiteira brasileira Odebrecht
-Publicidade-
O ex-vice-presidente do Equador, Jorge Glas
O ex-vice-presidente do Equador, Jorge Glas | Foto: Reprodução/Redes Sociais

O Tribunal Nacional de Justiça (CNJ) do Equador anulou uma sentença de oito anos de prisão contra o ex-vice-presidente do Equador Jorge Glas. A nulidade do processo foi declarada nesta quinta-feira, 10.

Em 2021, Glas foi condenado por peculato em um caso de expropriação de um campo de petróleo durante o governo do socialista Rafael Correa, ex-presidente do país. O prejuízo aos cofres públicos foi de quase US$ 30 milhões, segundo informou a promotoria na época.

Nesse caso, os juízes do CNJ entenderam que o procedimento processual foi violado, sem o “devido direito de defesa dos sentenciados”. Além de Glas, outros seis réus, incluindo dois ex-ministros do governo socialista, foram beneficiados pela decisão.

-Publicidade-

O Ministério Público solicitou a improcedência do pedido dos acusados, mas a Justiça julgou improcedente.

Outras sentenças no Equador

Jorge Glas, apoiador de Rafael Correa, ocupou o cargo de vice-presidente do país de 2013 a 2018. Glas possui outras duas condenações, por isso, permanece preso. Com a decisão de hoje, ele pretende apelar pela unificação das penas para deixar a cadeia, segundo o jornal equatoriano Vistazo.

Em um dos casos, o ex-vice-presidente foi acusado de corrupção por envolvimento com a empreiteira brasileira Odebrecht. A sentença, de 2017, apontou que Glas recebeu US$ 13,5 milhões em subornos para facilitar contratos no país.

No outro processo, Glas foi condenado por suborno, em um caso no qual o ex-presidente Rafael Correa também foi processado à revelia.

Leia também: “A bandidagem derrota os xerifes” texto publicado na edição 99 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

  1. Enquanto isso, em uma conhecida construtora…

    -pessoal, chamei vocês para essa reunião por causa dos resultado das urnas, que embora pareçam contrariar a vontade popular, deram ganho a nosso antigo aliado e, por isso, teremos que reativar aquela antiga planilha….

    – Chefe, que planilha é essa ?

    – Ah, voce é novo aqui, deve ter sido contratado nos últimos 4 anos…..bem…..então, …..para quem é novo, é uma planilha de pagamentos para pessoas que não podiam ser nomeadas, por serviços subcontabilizados, e por isso, os consultores ganharam apelidos.

    – Apelidos ?

    – Sim, vários apelidos…..a consultoria era gigantesca.

    – Chefe, podemos procurar pelo apelidos, diz alguns aí para nós.

    – Boa ideia, você vai longe aqui na empresa…anotem então….

    Amigo, Amante , Aracaju, M&M, guerrilheiro, italiano, nervosinho, Paris,…..depois eu envio a relação.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.