Justiça do Reino Unido autoriza Assange a contestar extradição aos EUA

Ativista enfrenta 18 acusações criminais por espionagem e invasão cibernética
-Publicidade-
Julian Assange é um dos principais expoentes do WikiLeaks
Julian Assange é um dos principais expoentes do WikiLeaks | Foto: Reprodução/Flickr

Um tribunal de apelação do Reino Unido permitiu, nesta segunda-feira, 24, que o fundador do WikiLeaks, Julian Assange, recorra à Suprema Corte do país contra sua extradição para os Estados Unidos. Ele enfrenta 18 acusações criminais por espionagem e invasão cibernética.

A decisão do tribunal dá a Assange 14 dias para levar o caso à Suprema Corte, que terá de decidir se aceita ou não a contestação. Na decisão desta segunda-feira, os juízes Ian Burnett e Tim Holroyd reconheceram haver uma questão jurídica que merece a avaliação da mais alta Corte britânica.

Somadas, as acusações contra Assange ultrapassam 175 anos de prisão. O ativista está detido desde maio de 2019 em uma prisão de segurança máxima em Londres. Antes disso, exilou-se na Embaixada do Equador.

-Publicidade-

História de Assange

Assange e WikiLeaks se tornaram famosos em 2010, com a publicação de 700 mil documentos militares e diplomáticos confidenciais dos EUA. As revelações expuseram, entre outras coisas, supostos crimes de guerra cometidos pelo governo norte-americano no Iraque e no Afeganistão; arquivos sobre detenções extrajudiciais na prisão de Guantánamo, em Cuba; e telegramas diplomáticos que revelaram abusos de direitos humanos em todo o mundo.

Washington, por sua vez, alega que Assange pôs em perigo a vida de seus informantes ao publicar os documentos secretos sobre as ações militares norte-americanas no Iraque e no Afeganistão.

Leia mais: “Para Lula, liberdade de expressão é algo que só se aplica a gente como Assange”, artigo de J.R. Guzzo publicado em Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.