Legado de João Paulo II vai muito além da religião

É o que argumenta Ana Paula Henkel, em artigo publicado na Edição 61 da Revista Oeste
-Publicidade-
Papa João Paulo II é querido pelos católicos
Papa João Paulo II é querido pelos católicos | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

Em artigo publicado na Edição 61 da Revista Oeste, a colunista Ana Paula Henkel explica a importância de Karol Józef Wojtyla, o papa João Paulo II, para todos cidadãos que apreciam o mundo livre.

Leia um trecho

-Publicidade-

“Antes da 1ª Guerra Mundial, o território polonês foi dividido entre os impérios alemão, russo e austro-húngaro. Essas potências, juntamente com França e Grã-Bretanha, lutavam pelo domínio do continente. Embora a Polônia não existisse como Estado independente, sua posição geográfica e suas terras entre as potências em combate foram testemunhas de muitas batalhas e terríveis perdas humanas e materiais entre 1914 e 1918. No rescaldo da guerra, após o colapso dos impérios, a Polônia se tornou uma República independente.

No país ainda devastado, a jovem Emilia Kaczorowska descobre que está grávida e é aconselhada a abortar. Se prosseguisse com a gravidez, poderia perder a própria vida. “Sua gestação está seriamente em risco e não há possibilidade de concluí-la, nem de você ter um filho saudável”, disse um dos melhores médicos da região onde morava. Além do quadro clínico complexo, Emilia estava em uma nação ameaçada por instabilidades, conflitos armados e invasões. De modo que o aborto parecia mesmo uma solução plausível. Apoiada pelo marido, a jovem aceitou o risco e decidiu ter o bebê, ainda que lhe custasse a vida. Em 18 de maio de 1920, na cidade de Wadowice, após meses de angústia e uma gravidez delicada, nasceu Karol Józef Wojtyla.”

Gostou? Dê uma olhada no conteúdo abaixo.

Revista Oeste

A Edição 61 da Revista Oeste vai além da coluna de Ana Paula Henkel sobre o papa João Paulo II. A publicação digital conta com reportagens especiais e artigos de J. R. Guzzo, Augusto Nunes, Silvio Navarro e Afonso Marangoni, Ana Brambilla, Guilherme Fiuza, Rodrigo Constantino, Evaristo de Miranda, Dagomir Marquezi e Brendan O’Neill.

Startup de jornalismo on-line, a Revista Oeste está no ar desde março de 2020. Sem aceitar anúncios de órgãos públicos, o projeto é financiado diretamente por seus assinantes. Para fazer parte da comunidade que apoia a publicação digital que defende a liberdade e o liberalismo econômico, basta clicar aqui, escolher o plano e seguir os passos indicados.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comment

  1. Indiscutivelmente, o maior legado de João Paulo II à humanidade foi a luta da igreja contra a desgraça comunista. Ele trabalhou intensamente para libertar o mundo, especialmente o leste europeu, desta praga que continua a devastar as nações. Enquanto isso, Francisco I, um papa declaradamente comunista, tem se dedicado intensamente a destruir o cristianismo dentro da igreja a fim de torná-la qualquer coisa, menos igreja. As religiões, todas elas, precisam resistir a esta influência nefasta, pelo bem da humanidade.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site