Líder da oposição russa descreve sua vida na prisão

Alexei Navalny garante que os dias de Vladimir Putin no poder estão contados
-Publicidade-
Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram | Navalny - Instagram - Rússia - Putin - Instagram

O principal líder da oposição russa, Alexei Navalny, contou ao New York Times detalhes de sua vida como prisioneiro na Colônia Penal Número 2, na cidade de Pokrov. Após uma tentativa de envenenamento, o regime de Vladimir Putin conseguiu sua condenação e o desmantelamento de seu grupo político.

Leia também: “Em última visita à Rússia como chanceler, Merkel pede libertação de Navalny”

Navalny declarou que não existe mais o espancamento de prisioneiros na Colônia Penal de Pokrov. Mas ele é obrigado a permanecer oito horas por dia assistindo à TV oficial do governo. O que o deixou ainda mais crítico com relação ao “czar”: “Putin não é eterno, físico ou politicamente. O regime de Putin é um acidente, não uma inevitabilidade. Mais cedo ou mais tarde esse erro vai ser resolvido, e a Rússia vai se mover para um caminho democrático e europeu de desenvolvimento. Simplesmente porque é isso que o povo quer”.

-Publicidade-

Leia também: “O palácio bilionário de Vladimir Putin”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro