Maior avião do mundo é destruído por russos

Anúncio foi feito pelo ministro das Relações Exteriores da Ucrânia
-Publicidade-
Foto: Reprodução/Twitter/Ministério das Relações Exteriores
Foto: Reprodução/Twitter/Ministério das Relações Exteriores

O ministro das Relações Exteriores da Ucrânia comunicou neste domingo, 27, a destruição do maior avião do mundo. O Antonov Mriya An-225 estava no aeroporto Hostomel (Gostomel), perto de Kiev, que sofreu um bombardeio.

“Nunca poderão destruir o nosso sonho de um Estado europeu forte, livre e democrático. Vamos prevalecer!”, escreveu o chanceler ucraniano, ao anunciar o desfecho trágico do maior avião do mundo, no Twitter.

Apelidado de Mriya (sonho, em português), apenas um modelo da aeronave foi construído. O transporte tinha um simbolismo enorme entre aeronautas e entusiastas da aviação. Por onde passava, atraia curiosos.

-Publicidade-

Construção do maior avião do mundo

Desenvolvida durante a década de 1980 pela companhia aérea Antonov Design Bureau na Ucrânia, a aeronave servia para dar suporte ao programa espacial da então União das Repúblicas Socialistas Soviéticas.

Após cumprir com sucesso várias missões militares, foi desativado por oito anos. Depois disso foi remodelado e reintroduzido em operação comercial com a Antonov Airlines, transportando cargas de grandes dimensões.

Como uma aeronave superdimensionada, o Antonov An-225 Mriya detinha vários registros únicos que o incluía como a aeronave mais pesada já construída e maior envergadura de qualquer aeronave em serviço operacional.

Leia também: “A Ucrânia balança o mundo”, artigo publicado na Edição 101 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários Ver comentários

      1. Concordo! 90 % de certeza que não haveria o menor interesse nessa “destruição” ! A Russia está agindo de modo cirúrgico, mas a mídia esconde. Vergonha!

  1. Para que os estados europeus sejam livres, fortes e democrático, a União Européia precisa se livrar dos Macron, Antonio Costa, Pedro Sanches, e outros socialistas.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.