Mundo registra mais de 3 milhões de casos de covid-19 em 24 horas

OMS declara que mais de 50% da população europeia será infectada pela variante Ômicron nas próximas semanas
-Publicidade-
Nova cepa do coronavírus, Ômicron tem mais mutações do que a Delta | Foto: iStock
Nova cepa do coronavírus, Ômicron tem mais mutações do que a Delta | Foto: iStock

Pela primeira vez o mundo registrou mais de 3 milhões de casos de covid-19 em apenas 24 horas. O número foi impulsionado pelos Estados Unidos, que na última segunda-feira, 10, relataram 1,48 milhão de novas infecções por coronavírus. Os dados foram divulgados nesta terça-feira, 11, pela plataforma Our World in Data, projeto ligado à Universidade de Oxford.

O total de infectados registrado em um único dia nos EUA é mais alto do que em qualquer país do mundo, mais do que em Europa e Ásia juntas, que registraram 991 mil e 400 mil novos casos, respectivamente. Juntos, os continentes somaram 1,39 milhão de novos casos diários.

No Brasil, mesmo com os problemas gerados pelo apagão dos dados do Ministério da Saúde, foram registrados 34,2 mil novos casos nas últimas 24 horas.

-Publicidade-

Ômicron

A disseminação da variante Ômicron do coronavírus não mostra sinais de desaceleração e se torna dominante. Nesta terça-feira, 11, o diretor da Organização Mundial da Saúde na Europa, Hans Kluge, declarou em uma coletiva de imprensa que projeções mostram que mais de 50% da população da Europa será infectada pela variante Ômicron nas próximas seis a oito semanas.

Mortes de covid-19

Segundo dados do Our World in Data, o número de novas mortes por covid não tem seguido a proporção de novos casos, e a variante Ômicron se mostra menos letal. Nas últimas 24 horas foram registradas 6,4 mil mortes no mundo. A média móvel global de mortes da última semana está em 6,3 mil, no mesmo patamar de outubro de 2020.

Confira os dez países com mais mortes por covid nas últimas 24 horas:

  1. EUA: 1.906
  2. Rússia: 726
  3. França: 280
  4. Índia: 277
  5. Itália: 227
  6. Vietnã: 212
  7. Espanha: 202
  8. Cuba: 167
  9. Hungria: 167
  10. Filipinas: 143
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

  1. Não vi ninguém vir a TV chamar o “negacionista” responsável pela infeccao de pessoas no resto do mundo. Pois so isso mesmo que nos falta não è? Bolsonaro levando a culpa por conta da Europa, EUA… etc.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.