Mais de 1 bilhão de animais marinhos podem ter sido cozidos vivos na onda de calor

Temperatura bateu recorde histórico no Canadá
-Publicidade-
Foto: Hippopx
Foto: Hippopx

O biólogo marinho canadense Chris Harley calcula que mais de 1 bilhão de animais marinhos possam ter sido “cozidos vivos” na onda de calor que atingiu a costa oeste do Canadá e dos Estados Unidos.

“Ucrânia: o exército de salto alto”

Segundo matéria da revista Newsweek, Harley ficou impressionado com o cheiro de putrefação que encontrou numa praia de Vancouver, no Canadá. Segundo ele, a temperatura, que atingiu 38 graus Celsius, matou quantidades gigantescas de ostras, caracóis, mexilhões e estrelas-do-mar. A temperatura em Lytton, na Colúmbia Britânica, chegou a 49,4 graus Celsius — a maior já registrada no Canadá.

-Publicidade-

 

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site