Medo por surto de covid faz donos abandonarem ‘hamsters’ em Hong Kong

Na terça-feira, governo determinou o abate de dois mil roedores depois que 11 foram contaminados com covid-19
-Publicidade-
Cientistas e autoridades sanitárias e veterinárias de Hong Kong disseram que não há evidências da transmissão entre os animais e os humanos
Cientistas e autoridades sanitárias e veterinárias de Hong Kong disseram que não há evidências da transmissão entre os animais e os humanos | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Em pânico, centenas de pessoas estão abandonando seus animais de estimação em Hong Kong com medo de contágio da covid-19.

Com isso, nesta quarta-feira, 19, milhares de pessoas se mobilizaram para adotar os hamsters que foram abandonados. A organização foi feita pelas redes sociais.

Governo vai abater 2 mil hamsters

-Publicidade-

Na terça-feira 18, o governo anunciou o sacrifício de dois mil hamsters depois que foi detectado um surto de coronavírus em uma loja de animais.

O funcionário de um pet shop foi contaminado e 11 roedores que estavam à venda testaram positivo para o vírus. Cerca de 150 clientes da loja foram colocados em quarentena.

Cientistas e autoridades sanitárias e veterinárias de Hong Kong disseram que não há evidências da transmissão entre os animais e os humanos.

Mas, na linha da política de tolerância zero para a covid, a secretária de Saúde Sophia Chan ordenou o abate, sob a justificativa de que não poderia descartar nenhuma possibilidade de transmissão.

Além do abate, as autoridades determinaram o fechamento de dezenas de pet shops, enquanto as importações e as vendas dos pequenos roedores foram suspensas.

Quem comprou um hamster depois de 22 de dezembro foi solicitado a entregá-lo às autoridades para abate e orientado a não abandoná-lo nas ruas.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.