Na Itália, marco zero da pandemia fecha ala hospitalar contra covid

'É um dia que vivo com profunda emoção', diz diretor do hospital
-Publicidade-
Foto: Moritz320/Pixabay
Foto: Moritz320/Pixabay

Localizada a 60 quilômetros de Milão, a cidade de Codogno, marco zero da pandemia na Itália, fechou a ala destinada ao tratamento da covid-19 em seu hospital municipal. O encerramento ocorreu em 4 de junho, data em que o último paciente da unidade recebeu alta. Em fevereiro de 2020, o primeiro caso italiano de contaminação pelo novo coronavírus foi registrado na localidade.

“É um dia que vivo com profunda emoção”, disse Marcelo Tusi, diretor do centro de pneumologia e covid do hospital.

-Publicidade-

Leia também: “Itália suspende quarentena obrigatória para viajantes do Reino Unido, mas mantém aos do Brasil”

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site