Na Venezuela, dinheiro vira brinquedo na mão de crianças

Moeda oficial do país já se desvalorizou 72,54% neste ano
-Publicidade-
O ditador da Venezuela, Nicolás Maduro | Foto: Reprodução/Twitter
O ditador da Venezuela, Nicolás Maduro | Foto: Reprodução/Twitter

Tornou-se comum ver crianças brincando com fardos de bolívares em Puerto Concha, um povoado na Venezuela. As cédulas servem para fazer diversos objetos usados para passar o tempo. “Se você colocar cem, ganha cem”, disse uma menina à agência de notícias France Press, em reportagem publicada na quinta-feira 30, ao explicar como funciona um “jogo de cartas” com o dinheiro.

Pulverizada pela inflação, a moeda oficial da Venezuela se desvalorizou 72,54% neste ano. Nesta sexta-feira, 1°, o bolívar vai perder seis zeros, — a medida simplifica operações como o pagamento de compras e o preenchimento de cheques, mas não é suficiente para controlar a inflação. À agência France Press, venezuelanos relataram que sobrevivem com o peso colombiano.

Com a decisão do ditador Nicolás Maduro de cortar zeros, a partir de agora, um milhão de bolívares (cerca de 25 centavos de dólar insuficientes para comprar um pão), será um bolívar. O mesmo bolívar equivalia a 100 trilhões de bolívares em 2007, quando o orçamento nacional chegou a 115 trilhões de bolívares, mais de US$ 50 bilhões. Estima-se que a inflação alcance 1.600% este ano.

-Publicidade-
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

6 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.