Não existem recursos naturais

Apenas os seres humanos são capazes de transformar a madeira, o minério de ferro e o petróleo em bens úteis

-Publicidade-
O minério de ferro adquire valor nas mãos de seres humanos
O minério de ferro adquire valor nas mãos de seres humanos | Foto: Divulgação/Portos e Navios

“Não existem recursos naturais”, diz Donald J. Boudreaux, doutor em Economia pela Universidade Auburn, nos Estados Unidos. À primeira vista, essa ideia pode soar absurda. Afinal, a mente humana não produziu bens como a madeira, o minério de ferro e o petróleo. A natureza os criou.

É verdade que a natureza criou esses bens, mas não os transformou em recursos. Essa crucial transformação, segundo o economista norte-americano, foi conduzida pela criatividade e pelo intelecto humanos.

“Aquilo que hoje a humanidade chama de minério de ferro, na prática, são rochas especialmente ricas em óxidos de ferro”, afirma Boudreaux. “Por si sós, permaneceriam no subsolo sem qualquer utilidade.”

-Publicidade-

O minério de ferro se tornou útil porque os seres humanos descobriram que os óxidos de ferro poderiam ser transformados em substâncias (ferro e aço) úteis aos seus propósitos. Sem essa criatividade, diz o economista, o minério de ferro seria tão importante para as pessoas quanto para um porco-espinho.

O que importa, segundo Boudreaux, é a liberdade humana para experimentar maneiras distintas de uso dos chamados recursos naturais. “E quanto mais mentes humanas houver para criar e pôr em prática essa ideia, maiores serão nossa riqueza e nosso padrão de vida”, acrescentou.

Para os recursos naturais se transformarem em riqueza, é necessário haver inteligência, inovação e investimentos. E apenas os seres humanos livres podem ter ideias e convertê-las em bens úteis.

Leia mais: “O capitalismo pode salvar o mundo?”, artigo de Dagomir Marquezi publicado na Edição 30 da Revista Oeste

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.