Não há eleições livres na Venezuela, afirma Guaidó

Líder da oposição concedeu entrevista ao programa Os Pingos nos Is, da rádio Jovem Pan
-Publicidade-
Juan Guaidó é líder da oposição na Venezuela
Juan Guaidó é líder da oposição na Venezuela | Foto: Reprodução/YouTube

O líder da oposição na Venezuela, Juan Guaidó, disse nesta quarta-feira, 24, que não há eleições livres em seu país. “Na disputa eleitoral do último domingo, houve a ratificação do que já sabíamos: Nicolás Maduro é um ditador”, afirmou, em entrevista concedida ao programa Os Pingos nos Is, da rádio Jovem Pan.

Conforme noticiou Oeste, o chavismo conquistou uma vitória expressiva nas eleições regionais. De acordo com as autoridades eleitorais, 20 de 23 governadores são apoiadores do ditador socialista. A oposição, que voltou a participar de eleições depois de três anos, venceu em apenas três Estados.

-Publicidade-

O líder venezuelano disse que a oposição está unida desde 2012, buscando atuar efetivamente no processo político. “Conseguimos aumentar o número de parlamentares, fortalecendo nossa participação”, salientou. “Maduro dificulta esse processo ao reprimir manifestações democráticas.”

Para Guaidó, a ditadura chavista seguirá vigorando no país enquanto os meios de ação política violentos continuarem a ser utilizados. “Maduro mantém o poder de maneira ilegítima e brutal, assassinando e perseguindo opositores”, observou. “Estamos procurando uma solução para lidar com isso.”

As declarações do líder da oposição venezuelana foram traduzidas simultaneamente pela cientista política Maria Eugênia Assis.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.