Navio que bloqueou o Canal de Suez volta a navegar hoje

A embarcação estava detida desde o fim de março, quando encalhou e bloqueou essa rota por seis dias
-Publicidade-
Foto: Reprodução/Flickr
Foto: Reprodução/Flickr

Nesta quarta-feira, 7, o porta-contêineres Ever Given voltou a navegar. A embarcação e toda a sua tripulação ficaram retidas no Canal de Suez, no Egito, desde o fim de março, quando encalhou e bloqueou completamente essa rota marítima por seis dias. A liberação ocorreu depois que a empresa japonesa Shoei Kisen, proprietária do navio, aceitou pagar uma indenização de US$ 550 milhões pelos prejuízos causados — inicialmente, as autoridades locais pleiteavam US$ 916 milhões.

Ontem, por volta das 11h20 no horário local (6h20 em Brasília), o cargueiro de 400 metros levantou âncora e partiu com destino ao Porto de Roterdã, na Holanda.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

  1. Ôpa!! Notícia errada. A SCA pediu 900 bi, os japoneses ofereceram 115, os egípcios baixaram para 550, e no final chegaram a um acordo com cláusula de non-disclosure. Certamente entre 115 e 550, não é msm?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.