Navio que tentou alertar Titanic é encontrado 100 anos depois

O SS Mesaba também estava cruzando o Oceano Atlântico naquela noite de abril de 1912

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

-Publicidade-
O SS Mesaba tentou enviar uma mensagem ao Titanic
O SS Mesaba tentou enviar uma mensagem ao Titanic | Foto: Divulgação

Na história pouco se fala dele, mas houve um navio que tentou salvar o Titanic da presença de um iceberg, em 1912. A embarcação mercante SS Mesaba também estava cruzando o Oceano Atlântico naquela noite de abril.

Pouco mais de um século depois, o Mesaba foi encontrado no fundo do mar da Irlanda. A embarcação ficou conhecida por enviar ao Titanic uma mensagem de rádio alertando sobre uma grande quantidade de gelo e um grande número de icebergs, remetida ao capitão do Titanic, Edward Smith. No entanto, apesar de ter sido recebida, a mensagem não chegou à ponte de comando do Titanic. A viagem inaugural terminou em um desastre que custou mais de 1,5 mil vidas.

Agora, uma equipe de pesquisadores da Universidade de Bangor, do País de Gales, encontrou destroços do Mesaba no fundo do mar.

-Publicidade-

A descoberta aconteceu graças ao Prince Madog, um sonar multifeixe de última geração usado pelos cientistas. O equipamento permitiu mapear mais de 19 quilômetros quadrados nas profundezas do Mar da Irlanda. Para fazer isso, eles usaram uma tecnologia avançada de mapeamento e combinaram os resultados com registros históricos e arquivos marítimos para identificar o local de “descanso” final do navio. Através das imagens do sonar, foi possível localizar a embarcação, dividida em duas partes principais.

A demora para encontrar o Mesaba se deu pelo fato de que, na área, há destroços de outros 200 navios.

O navio foi encontrado dividido em duas partes principais no fundo do Mar da Irlanda | Foto: Divulgação

Segundo a história, o SS Mesaba afundou no Mar da Irlanda, em 1918, depois de ser atingido por um torpedo de um submarino alemão durante a Primeira Guerra Mundial. Ao menos 20 tripulantes morreram.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.