Nike busca novo comprador para os negócios na Argentina

Companhia mexicana desistiu de assumir as operações da empresa norte-americana
-Publicidade-
O presidente da Argentina, Alberto Fernández | Foto: REPRODUÇÃO/INTERNET
O presidente da Argentina, Alberto Fernández | Foto: REPRODUÇÃO/INTERNET | O presidente da Argentina, Alberto Fernández | Foto: REPRODUÇÃO/INTERNET

Companhia mexicana desistiu de assumir as operações da empresa norte-americana

fernández
O presidente da Argentina, Alberto Fernández | Foto: Reprodução/Internet

Depois de dez meses negociando, o grupo mexicano Axo desistiu de assumir as operações da Nike na Argentina, informou na quinta-feira 10 o jornal La Nacíon. No início deste ano, a marca norte-americana havia anunciado a intenção de adotar outro modelo de negócios. A medida inclui a transferência da venda das mercadorias, a distribuição entre parceiros comerciais e a gestão pelo distribuidor das lojas físicas e dos canais de vendas on-line.

-Publicidade-

Apesar da operação frustrada, a Nike confirmou que buscará um novo parceiro e garantiu que manterá todos os empregos e planos de produção de roupas na Argentina. “A empresa continua comprometida com a região e com a Argentina e continuará sendo proprietária e operadora dos negócios”, informou a Nike, em comunicado. Conforme noticiou Oeste, o país perderá neste ano 12,9% do Produto Interno Bruno, mais que qualquer economia do G20.

Além disso, os hermanos vivem um “êxodo” de empresas que estão deixando o local para investir em outras nações.

Leia também: “O drama dos argentinos que comeram frango estragado”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário

  1. E o resultado da escolha política!
    O preço será muito alto e os hermanos sofrerão como os venezuelanos, infelizmente.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro