No Afeganistão, imagens de publicidade com fotos de mulheres são apagadas

Jihadistas tomaram a capital do país, Cabul, no último domingo, 15
-Publicidade-
Ascensão do Talibã no Afeganistão deve afetar a vida das mulheres
Ascensão do Talibã no Afeganistão deve afetar a vida das mulheres | Foto: Reprodução/Twitter

Imediatamente após o grupo terrorista Talibã assumir o controle do Afeganistão, algumas imagens de publicidade com fotos de mulheres começaram a ser apagadas das fachadas de lojas locais. Ontem, domingo 15, fotógrafos da agência de notícias Kyodo registraram as imagens de painéis com fotos sendo removidos.

Conforme noticiou Oeste, o presidente do Afeganistão, Ashraf Ghani, deixou o país depois de o Talibã assumir o controle da capital, Cabul. Desesperados, milhares de pessoas iniciaram uma diáspora para fugir do extremismo islâmico; em imagens que circulam na internet, é possível ver centenas de cidadãos invadindo aviões para deixar o país.

Leia também: “A tragédia do Afeganistão envergonha o Ocidente”, artigo de Tim Black, da Spiked, publicado na Edição 73 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro