Nova Iorque vai impor a vacinação a trabalhadores mesmo com 90% de vacinados

A medida foi anunciada depois que uma determinação semelhante do presidente Biden foi derrubada na Justiça
-Publicidade-
O prefeito de Nova Iorque, Bill de Blasio
O prefeito de Nova Iorque, Bill de Blasio | Foto: Ed Reed/Mayoral Photography Office

Nova Iorque vai impor a vacinação para trabalhadores do setor privado. O prefeito, Bill de Blasio, anunciou a decisão nesta segunda-feira, 6. A medida passa a valer a partir de 27 de dezembro.

Contudo, cerca de 90% dos moradores adultos da cidade já tomaram ao menos uma dose da vacina contra a covid-19. De acordo com dados da prefeitura de Nova Iorque, o índice ficou em 78% para os habitantes de todas as idades. Quanto à vacinação completa contra a covid-19, ela já atinge quase 82% de todos os adultos e 70% para a população total.

O anúncio do prefeito ocorre depois de a Justiça da Louisiana ter bloqueado temporariamente uma determinação do governo de Joe Biden. O presidente do país estipulou que empresas com 100 funcionários ou mais cobrassem a vacinação de seus trabalhadores até 4 de janeiro. A regra federal impunha a multa de até US$ 14 mil (R$ 79,6 mil) por trabalhador, em caso de infração.

-Publicidade-

Contudo, um colegiado composto de três juízes deu ganho de causa à petição apresentada por um grupo formado por empresas, instituições religiosos e organizações da sociedade civil. Eles acusam o governo norte-americano de abusar da sua autoridade.

Nos Estados Unidos, cerca de 59% da população completou o ciclo vacinal contra a covid-19, segundo os números oficiais. Entre os adultos, a proporção chega a 71,5%. Em relação à primeira dose, o índice é 71% para a população em geral e 83% para a faixa etária com 18 anos ou mais.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.