Novo salário mínimo da Venezuela não compra 1 kg de carne

10 milhões de bolívares equivalem a US$ 3,50
-Publicidade-
O ditador venezuelano, Nicolás Maduro
O ditador venezuelano, Nicolás Maduro | Foto: Reprodução/Flickr

No sábado 1º, a ditadura venezuelana anunciou o aumento do salário mínimo do país. A remuneração mínima integral, composta de um salário-base somado a um benefício de alimentação, passou para 10 milhões de bolívares (US$ 3,50) — valor inferior ao preço de 1 quilo de carne ou a mesma quantidade de queijo, e que também é insuficiente para comprar uma caixa com 30 ovos.

De acordo com o jornal Gazeta do Povo, a desvalorização da moeda local gerou a dolarização informal da economia da Venezuela. Em março, o governo venezuelano deu início à impressão de cédulas de 200 mil, 500 mil e 1 milhão de bolívares.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site