Número de mortos nas Filipinas sobe para quase 380

As ilhas de Siargao, Dinagat e Mindanao foram atingidas pelo supertufão Rai na quinta-feira 16
-Publicidade-
Foto: Divulgação Guarda Costeira das Filipinas
Foto: Divulgação Guarda Costeira das Filipinas

A quantidade de mortos não para de subir nas Filipinas. O supertufão Rai passou pelas ilhas Siargao, Dinagat e Mindanao, na quinta-feira 16, e deixou até agora 375 mortos, 500 feridos e 56 desaparecidos.

Mais de 300 mil pessoas tiveram dee deixar suas casas e hotéis da região — diversas áreas estão sem energia elétrica e comunicação. Hospitais e escolas foram totalmente destruídos.

Com força de 195 quilômetros por hora, o tufão já é considerado um dos piores a passar pelas Filipinas e uma das tempestades mais fortes do mundo em 2021, de acordo com informações da Cruz Vermelha das Filipinas.

-Publicidade-

Milhares de policiais, militares, agentes da Guarda Costeira e bombeiros estão fazendo buscas e resgates nas áreas atingidas, retroescavadeiras e tratores tentam liberar as estradas bloqueadas pela queda de postes e árvores. Além disso, existe uma força-tarefa para levar comida e água à população das ilhas devastadas.

A tempestade Rai foi considerada um supertufão, porque sua ação foi equivalente a um furacão de categoria 5 no Oceano Atlântico.

Tufões nas Filipinas

É comum o arquipélago asiático ser atingido por uma média de 20 tufões por ano. Na maioria das vezes, eles chegam entre julho e outubro, afetando populações, colheitas e infraestrutura de diversas regiões carentes do país.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.