NY: ‘Não sinta vergonha por usar (drogas), empodere-se usando com segurança’

Em campanha para reduzir mortes por overdose, prefeitura da cidade erra a mão e normaliza o vício em opiodes
-Publicidade-
Campanha também informa sobre fentanil e dá 'dicas úteis'
Campanha também informa sobre fentanil e dá 'dicas úteis' | Foto: Reprodução/Prefeitura de Nova Iorque

No intuito de evitar mais mortes por overdose, que aumentaram expressivamente nos últimos sete anos e atingiram níveis epidêmicos nos Estados Unidos recentemente, a prefeitura de Nova Iorque lançou, no final de maio, uma campanha para orientar usuários de drogas, mais especificamente opioides, sobre como se drogar de maneira segura.

Cartazes informativos sobre o tema, elaborados pelo departamento de saúde, estão sendo veiculados desde então em ônibus, no metrô, no terminal State Island e em pontos estratégicos bairro a bairro. Alguns deles têm deixado nova-iorquinos e turistas estarrecidos pela mensagem que transmitem: em vez de encorajar os usuários a largarem o vício, eles dão a entender que tudo bem os viciados continuarem com as drogas, desde o façam do jeito certo, com segurança.

O mais desconcertante de todos os anúncios veiculados ao longo da campanha, abaixo, traz a foto de uma jovem negra, de aparência altiva, ao lado da frase: “Não sinta vergonha por usar (drogas), e sim empoderado por usar com segurança”.

-Publicidade-

O cartaz também traz dicas úteis para usar drogas do jeito certo, tais como: “nunca use sozinho”, “comece com uma pequena dose e vá devagar”, “tenha naloxona à mão, pois naloxona pode reverter uma overdose” e “não misture drogas”.

O anúncio ainda alerta os usuários sobre a presença de fentanil, um opioide de ação rápida 30 a 50 vezes mais potente que a heroína, na composição de outras drogas como heroína, cocaína, crack, metanfetamina e cetamina, bem como em analgésicos à base de opioides e nos benzodiazepínicos (sedativos, ansiolíticos, hipnóticos e anticonvulsivantes). E avisa:”O fentanil aumenta o risco de overdose, especialmente entre pessoas que não usam opioides regularmente”.

Visões divergentes

“Devido à maior compreensão do problema desde que a campanha começou, cada vez mais usuários estão indo aos postos de saúde para obter mais kits para detecção de fetanil para, assim, ter a garantia de que vão usar com segurança”, informou o Departamento de Saúde de Nova Iorque, em comunicado. “Todo o novaiorquino deveria saber que, se você usar drogas, há meios de evitar uma overdose. Temos que fazer com que o uso de drogas na cidade, mesmo que ilegal, seja o mais seguro possível”, concluiu o órgão.

O líder da minoria do conselho de Nova York, o republicano Joe Borelli, fez o seguinte comentário sobre a campanha em sua conta no Twitter: “Não, Departamento de Saúde de Nova Iorque, o vício em heroína não é empoderador. Isso é o oposto de ‘redução de danos’. Isso normaliza a injeção de drogas mortais. Isso é distorcido. Você aprovou isso, secretário de Saúde?”.

A declaração repercutiu e rendeu matérias em canais como a Fox News, também compartilhadas na rede social

Seu companheiro de partido, o governador da Florida Ron de Santis, também usou as redes sociais para condenar a campanha. As críticas reacenderam a discussão sobre a melhor maneira para lidar com o problema  das drogas, ultra complexo.

Democratas e republicanos têm visões e defendem políticas bastante divergentes sobre o assunto. O atual prefeito de Nova Iorque é o democrata Eric Adams.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

20 comentários Ver comentários

  1. Deste jeito , NY vai virar uma cracolândia . Aqui em SP temos um exemplo claro do que práticas permissivas causaram , não recuperam ninguém e o problema se agrava, afetando não só os viciados mas todo o seu entorno . Quem segue ganhando sem dúvidas são os traficantes , com seu trabalho facilitado . Tem que haver campanhas das autoridades visando primeiro desintoxicar os viciados , tentar engajar familiares e oferecer oportunidades e ocupações para que fiquem longe do vicio em definitivo. Nunca iludindo com “empoderamento” ao viciado se continuar consumindo drogas de forma “mais segura” .

  2. Aprendí a amar as mensagens de Chico Xavier, repletas de ternura, dignidade e caridade. Aassistí no entanto uma gente apodrecida tentar tomar conta desses ensinamentos, querendo liberar toda promiscuidade, e perdoar todo canalha. Na realidade, atualmente, é dificílimo quem não saiba o que é o mal. E precisamos admitir que o Satanismo( por mais que considere essa palavra absurda), invadiu os setores sociais que deviam ser da maior seriedade, querendo corpos e almas, realmente. Obsessões macabras, de gente que quer ficar famosa a qualquer preço vendo seu nome divulgado através de qualquer deformação moral, des de que apareça, é a tônica. A resposta é simples: Não se proíbem todas essas atitudes monstruosas, e não se prendem todos esses patifes, pelo mesmo motivo que não se encontra o mandante de esfaqueamento. Estão mundialmente juntos, disputando abertamente, o comando e posse do planeta.

  3. Absurdo este tipo de orientação vir de autoridades , que é um incentivo ao viciado continuar usando e ampliando o consumo. O que pode vir de bom disto ?
    Deveriam sim esclarecer os efeitos devastadores das drogas sobre o corpo e cérebro, que a dependência do vicio é o oposto do “empoderamento” ilusório , e oferecendo ajuda para que os viciados deixem o vicio de lado e tenham hábitos saudáveis , estudem , vivam mais e melhor . Só autoridades sem liderança , débeis , sem confiança e sem visão de longo prazo admitem campanhas ilusórias como esta.

  4. Não se iludam e nem fiquem surpresos..Tem método.Essa gente é diabólica.Metodicamente,com palavras doces,que à primeira vista dão a impressão de fraternidade; e com o uso eficiente de falsas dicotomias ,vão injetando no senso comum a ideia de normalidade.Porém,as drogas são apenas a bola da vez.Depois virá a normalização do tráfico,do roubo,do incesto e até do assassinato.O projeto desses adoradores de satã é muito mais amplo.Vai muito além da normalização do uso de entorpecentes.Eles querem o seu corpo e a sua alma.

  5. Sim, o Ocidente está em franca decadência moral! No entanto, essa decadência foi gestada na década de 50/60 na URSS. Estão, agora, colhendo os frutos! Rússia e China se fortalecem com essa decadência. A Flórida deixou de ser o estado da diversão e da festa, parece que essa tradição está migrando para NYC!

  6. Esta na HORA dos CAIPIRAS NORTE AMERICANOS FAZEREM OUTRA guerra civil.
    California, 13 colonias/NY não podem transformar esse país numa SODOMA e GOMORRA

  7. É POR ISSO QUE GRITO HOJE EM DIA….
    VIVA A MÃE RUSSIA!

    quem diria que são os únicos que podem por um fim nessa viadagem drogada.
    Sabiam que só no brasil são mais de 4 milhões de pessoas (acima dos 21 anos) que não trabalham em absolutamente NADA.
    Depois veem com aquele papinho de que “o envelhecimento da população vai quebrar a economia”
    MAIS UMA MENTIRA!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.