O novo coronavírus veio de um laboratório nos EUA, sugere China

Pressionado, o país asiático reagiu à investigação norte-americana que vai apurar a gênese do patógeno
-Publicidade-
O secretário-geral do PCC, Xi Jinping
O secretário-geral do PCC, Xi Jinping | Foto: Divulgação/Presidência da Rússia

O Partido Comunista da China (PCC) insinuou que o novo coronavírus originou-se nos Estados Unidos. O Ministério das Relações Exteriores do país asiático sugeriu que o patógeno “escapou” do Fort Detrick, centro de pesquisa biomédica norte-americano. “São mais de 200 laboratórios biológicos americanos espalhados pelo mundo. Quantos segredos escondem?”, interpelou Zhao Lijian, chanceler do PCC, em pronunciamento na sexta-feira 28. A fala é uma resposta à decisão do presidente Joe Biden de pedir uma investigação sobre a gênese da covid-19.

Na semana passada, um relatório do governo norte-americano revelou que o coronavírus surgiu no laboratório chinês, hipótese considerada desde o governo do ex-presidente Donald Trump. A papelada foi obtida pelo jornal Wall Street Journal. Entre outros pontos, o documento salienta que, no centro de pesquisas, três funcionários foram hospitalizados, em novembro de 2019, com covid-19. Um mês depois de a OMS decretar a pandemia de coronavírus, a Revista Oeste noticiou que o PCC escondeu o potencial do patógeno. Dessa forma, o Ocidente não conseguiu se preparar.

Laboratório Detrick

-Publicidade-

Detrick é um laboratório de ponta que fica no estado de Maryland, próximo da capital norte-americana, e onde o Exército dos EUA desenvolve toxinas e antitoxinas, sistemas de defesa para pragas e doenças. Em agosto de 2019, o laboratório recebeu uma ordem do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) para encerrar operações e pesquisas com vírus e bactérias perigosos por questões de segurança. Segundo o CDC, havia um problema de descarte de materiais usados em pesquisas, que poderiam contaminar o solo e água da região. A Organização Mundial da Saúde ainda não tomou lado na história, mas prometeu uma “investigação imparcial”.

Leia também: “A estratégia do Partido Comunista da China”, reportagem publicada na Edição 58 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

12 comentários

  1. Pode até ser isso que esses chineses alegam, porém eles terão que provar por que o vírus foi detectado primeiramente em Wuhan, ainda no ano de 2019? Caso estivesse escapado de um laboratório situado em solo americano, o vírus não apareceria primeiramente nos Estados Unidos? Ou ele escapou do laboratório americano e “pensou”: Vou direto para Wuhan…Que façanha, hein?

  2. A China é tão confiável quanto uma nota de três reais. Governo tirano, assassino e mentiroso. Aqui no Brasil só alguns jornalistas e o engomadinho de São Paulo, que por serem representantes do país chinês acreditam nessa baboseira.

  3. Ninguém está sendo sincero. O vírus não é somente chinês, nem somente americano. É obra dos globalistas, que apenas usaram a China como palco. Com participação do PCC, Bill & Melinda Gates Foundation, Mark Zuckerberg, George Soros e todo o resto dessa laia. Temos que parar de pensar em países, porque esse pessoal já parou de enxergar fronteiras há tempos.

  4. Hahahahaha! Eu acho pouco! Toma essa Bidê! Hahahahahaha
    Falando sério! Sabemos que é tudo jogo de cena pra encobrir a verdade! A china está usando os EUA e vice versa… Jogo das tesouras 2.1 mega ultra power! Só cai se for trouxa!

  5. A melhor defesa é o ataque,todos os países que atacarem a China será acusada por ela.
    Engraçado é que os esquerdistas atacavam quando dizem que o virus veio de laboratório.
    É como dizem o tempo é o senhor da razão.

  6. Novela chinesa é longa, chata e sem nexo. Agora, então, o vírus não apareceu em Wuhan. Podemos esquecer tudo que já vimos, tudo que aprendemos. China, GO HOME!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro