-Publicidade-

O reino construído por Vladimir Putin na Rússia

Construção é analisada por Dagomir Marquezi
Vladimir Putin é o presidente da Rússia
Vladimir Putin é o presidente da Rússia | Foto: Divulgação/Wikipédia

Um Palácio para Putin. Esse é o nome do documentário produzido e narrado por Alexei Navalny, opositor ao czar russo. A produção audiovisual conduzida por ele ganha destaque na atual edição da Revista Oeste. O material serve de base para artigo do colunista Dagomir Marquezi.

Leia mais: “Produção de robôs industriais da China cresce 19,1% em 2020”

Em texto, Marquezi propõe-se a ir além de denúncias a respeito do palácio. A partir do documentário de Navalny, que foi preso por ordem do governo russo, o jornalista resgata a trajetória política de Putin, que chegou a integrar o serviço de inteligência KGB em tempos de União Soviética.

“O palácio é um monstruoso monumento à cafonice. Ninguém teria nada a ver com o mau gosto de Vladimir Putin, se o empreendimento fosse construído com dinheiro honesto. Não é. O complexo, do tamanho de 39 principados de Mônaco, foi oficialmente adquirido por um laranja por míseros US$ 350 mil”, pontua Marquezi. Essa e outras questões são detalhadas no texto “O palácio bilionário de Vladimir Putin”.

O palácio bilionário de Vladimir Putin

Revista Oeste

A atual edição da Revista Oeste vai além do artigo do jornalista Dagomir Marquezi sobre o palácio de Vladimir Putin na Rússia. A revista digital está disponível ao público com reportagens especiais e artigos de J. R. Guzzo, Guilherme Fiuza, Augusto Nunes, Ana Paula Henkel, Rodrigo Constantino e Tom Slater.

Startup de jornalismo on-line no ar desde março de 2020, a Revista Oeste defende o liberalismo econômico e a liberdade de expressão. Sem aceitar publicidade de órgãos vinculados ao poder público, o projeto de jornalismo é diretamente mantido pela comunidade de assinantes. Para se tornar membro, basta clicar aqui, escolher o plano e seguir os passos indicados.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

  1. Assim é o socialismo/comunismo/nova ordem/reset, …, sinônimos do mesmo cancro, ou como queiram chamar, o sistema que privilegia alguns com muito, em detrimento de uma massa que se satisfaz com nem sempre o mínimo suficiente para uma vida decente na qual seus indivíduos consigam ser livres, autônomos, independentes e soberanos!
    Sob a seita do totalitarismo, todos dependem e se obrigam ao que a casta privilegiada deseja que aconteça!

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês