ONU cobra China por ‘sumiço’ de tenista que diz ter sido estuprada por político

Ex-líder do ranking mundial, Peng Shuai, de 35 anos, está desaparecida desde que denunciou caso de violência sexual
-Publicidade-
Peng Shuai, de 35 anos, acusou ex-vice-primeiro-ministro Zhang Gaoli de violência sexual
Peng Shuai, de 35 anos, acusou ex-vice-primeiro-ministro Zhang Gaoli de violência sexual | Foto: Reprodução

A Organização das Nações Unidas (ONU) cobrou explicações do governo comunista da China sobre o paradeiro da tenista Peng Shuai, de 35 anos, que está desaparecida desde que acusou o ex-vice-primeiro-ministro do país Zhang Gaoli de abuso sexual.

Peng, que não joga torneios oficiais desde o início da pandemia de covid-19, denunciou o político em um depoimento na rede social Weibo. A notícia foi divulgada pela jornalista japonesa Emily Peng, correspondente do canal TV NPR em Pequim. O conteúdo foi tirado do ar 20 minutos depois de sua publicação.

“Seria importante ter uma prova de onde ela está e saber se está bem. Solicitamos veementemente que uma investigação seja realizada, com total transparência em suas alegações de agressão sexual”, cobrou nesta sexta-feira, 19, Liz Throssell, porta-voz do Alto Comissariado da ONU para Direitos Humanos.

-Publicidade-

Apesar da repercussão mundial sobre o caso, o Ministério das Relações Exteriores do regime chinês permanece em silêncio. O porta-voz do governo, Zhao Lijian, disse hoje a jornalistas que o tema “não é uma questão diplomática” e que ele não estava “ciente da situação”.

A Associação de Tênis Feminino (WTA), por sua vez, ameaçou publicamente retirar a China do circuito profissional da modalidade caso o episódio não seja esclarecido. “Estamos prontos para retirar nosso negócio e enfrentar todas as complicações que surjam, porque isso é mais importante do que o negócio”, anunciou o chefe da WTA, Steve Simons, em entrevista à CNN.

Campeã nas duplas em Roland Garros (2014) e Wimbledon (2013), Peng Shuai disputou seu último torneio em Doha, no Catar, no começo de 2020. A tenista atingiu o topo do ranking da WTA em 2014, terminando o ano na 3ª posição.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários Ver comentários

  1. Sarah Winter, Roberto Jeferson estão onde?
    Regime Comunista Socialista progressista é isso aí?
    Xandão q defendeu o pcc continua reinando, livre, solto….

  2. O Brasil possui uma Força Armada de acovardados. Os rábulas subversivos do STF fazem o que bem querem. E esses milicos não tem coragem de prender esses canalhas.

  3. Daqui a pouco o jornalista Allan dos Santos vai sumir ou morrer e a ONU nem vai vai dar bola. Alexandre de Moraes vai fazer de conta que vai extraditar, mas vai mandar dar um jeitinho nele. O caminhoneiro já está um preso esquecido. Perigosissimos, até serem realmente perigosíssimos. Que pena que eles não tem ninguém para defende-los.

    1. Pois é… Agora ninguém fala mais do caminhoneiro Zé Trovão, deram um “disappearance” nele. Ninguém sabe, ninguém viu.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.