Revista Oeste - Eleições 2022

Outro soldado brasileiro morre na guerra da Ucrânia

Douglas Búrigo tinha 40 anos e morreu na cidade de Kharkiv durante ataque de mísseis russos
-Publicidade-
Douglas Búrigo (Foto:  reprodução Instagram)
Douglas Búrigo (Foto: reprodução Instagram)

O soldado brasileiro Douglas Búrigo, 40 anos, que lutava junto às tropas ucranianas contra a Rússia, morreu na madrugada de ontem. A informação foi dada pela embaixada brasileira na Ucrânia. A morte de Búrigo ocorreu na cidade de Kharkiv, durante um ataque de mísseis russos.

O soldado era dono de uma borracharia em São José dos Ausentes, no Rio Grande do Sul. Douglas serviu o exército brasileiro em Uruguaiana por quatro anos e deixou uma filha de 15. Segundo o jornal Estado de Minas, é o segundo brasileiro a morrer na guerra Ucrânia, depois do falecimento de André Hack Bahi em Sieverodonetsk, no dia 5 de junho.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

7 comentários Ver comentários

  1. SUGESTÃO: coloca “brasileiro soldado na Ucrânia” e não “soldado brasileiro na Ucrânia” pra não deixar dúvidas na informação.

  2. Por quê não foi lutar na guerra contra os narcotraficantes aqui no Brasil, ou fosse lutar para parar esse STF chechelento, comunista, filhos das melhores putas que nunca rejeitaram cliente, essa matemática não fecha.
    Sincero pêsames a família.

  3. Deixar filha de 15 anos para ir combater -e morrer!- numa guerra entre outros países… Difícil fazer qualquer comentário. Que Deus conforte e ampare seus familiares.

  4. Essas bestas quadradas, que tem 2 x2 acham que são o Rambo. Vão para a guerra na Ucrania e no primeiro bombardeio da Rússia tomam uma bomba na cabeça e morrem como passarinhos. Idiotas psicopatas. Colocam o uniforme e depois de 5 minutos o Putin acaba com eles. A realidade é dura.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.