Para EUA, eleição de novembro na Nicarágua será ‘farsa’

O ditador Daniel Ortega, de 76 anos, tentará a sua terceira reeleição consecutiva
-Publicidade-
O ditador da Nicarágua, Daniel Ortega, deve conquistar mais um mandato presidencial
O ditador da Nicarágua, Daniel Ortega, deve conquistar mais um mandato presidencial | Foto: Divulgação/Presidência da Nicarágua

O porta-voz do Departamento de Estado do governo norte-americano, Ned Price, classificou como “farsa” a eleição presidencial na Nicarágua, programada para o dia 7 de novembro. A declaração foi dada durante entrevista coletiva nesta quinta-feira, 14.

O ditador Daniel Ortega, de 76 anos, governa o país desde 2007. Em seu governo, foi aprovada a possibilidade de reeleição indefinida, sem limites. Ele tentará a sua terceira reeleição consecutiva para um quarto mandato de cinco anos de duração, tendo sua esposa, Rosario, como vice.

Leia mais: “Nicarágua: 11 opositores de Ortega são acusados de conspiração”

-Publicidade-

Segundo o porta-voz do governo dos EUA, “o processo eleitoral na Nicarágua perdeu toda a credibilidade”. “Já é uma conclusão inevitável que Ortega fará com que as eleições de novembro sejam uma farsa e que se proclamará vitorioso”, afirmou Price.

Leia mais: “Ditador da Nicarágua chama embaixadores de Argentina, México, Colômbia e Costa Rica”

Ainda de acordo com o representante do governo norte-americano, o processo eleitoral foi marcado por uma série de “manobras autocráticas” lideradas por Ortega, entre as quais o veto à participação de candidatos de oposição e a prisão de dezenas de adversários do regime e de ativistas, jornalistas e líderes estudantis.

Leia também: “Ditadura na Nicarágua impede circulação de principal jornal do país”

Price atribuiu a perseguição aos oposicionistas ao “medo de eleições livres e justas” e ao “desejo de permanecer no poder a qualquer custo”. Somente neste ano eleitoral, 37 opositores do regime de Ortega foram detidos, incluindo sete pré-candidatos à Presidência.

Leia também: “Jornalistas presos em Cuba e na Nicarágua ganham prêmio de liberdade de imprensa”

Com informações da agência Efe

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.