Paradeiro de russa depois de protesto na TV é desconhecido

Advogados disseram que não sabem a atual situação da funcionária do Canal 1, mais de 12 horas depois da detenção
-Publicidade-
Marina Ovsyannikova, que invadiu um jornal na TV russa na segunda-feira 14 para protestar contra a guerra na Ucrânia
Marina Ovsyannikova, que invadiu um jornal na TV russa na segunda-feira 14 para protestar contra a guerra na Ucrânia | Foto: Reprodução/Twitter

Marina Ovsyannikova, que invadiu um jornal na TV russa na segunda-feira 14, em protesto contra a invasão da Ucrânia, não foi localizada depois da prisão.

Advogados de grupos de direitos humanos disseram ao jornal norte-americano The Washington Post que não sabem o paradeiro da funcionária do Canal 1, mais de 12 horas após ela ser detida.

O Comitê de Investigação da Rússia iniciou “uma verificação de pré-investigação” contra Marina, sob a alegação de que ela invadiu o estúdio, conforme a agência de notícias estatal russa Tass.

-Publicidade-

Uma fonte informou ao veículo que essa etapa “não fornece motivos para detenção e prisão”. Não se descarta, porém, que ela possa enfrentar outras acusações por causa do protesto, como a de “desacreditar” as ações das Forças Armadas russas no país vizinho.

Durante uma entrevista coletiva nesta terça-feira, 15, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse que o canal de televisão, e não o governo, é que está “lidando com isso”.

Conforme a jornalista independente Farida Rustamova, Marina por muitos anos trabalhou como editora no departamento internacional da diretoria de programas de informação do Canal 1, e tinha como principal tarefa traduzir para o russo declarações de políticos estrangeiros, empresários, personalidades e pessoas comuns. Colegas se disseram surpresos com o ato, porque nunca a ouviram falar de política.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.