Passaporte sanitário: fim de semana é marcado por protestos na Europa

França e Reino Unido foram palco de mobilizações populares
-Publicidade-
Em Paris, franceses se manifestam contra o passaporte sanitário | Foto: Reprodução/Twitter
Em Paris, franceses se manifestam contra o passaporte sanitário | Foto: Reprodução/Twitter

O fim de semana foi marcado por protestos contra o passaporte sanitário da covid-19 na Europa. No sábado 28, cerca de 160 mil pessoas saíram às ruas em toda a França para se manifestar por mais liberdade. O governo federal deu conta de 220 mobilizações. Trata-se do sétimo ato que se opõe ao documento, em vigor desde o início do mês por ordem do presidente Emmanuel Macron.

No domingo 29, foi a vez de os ingleses pedirem no centro de Londres “abaixo à ditadura sanitária” e “não ao passaporte da vacina”. Dezenas de pessoas ocuparam a recepção do prédio da emissora ITN e criticaram jornalistas que defendem a obrigatoriedade do imunizante, bem como o comprovante da vacina. A polícia não registrou o número exato de pessoas no local.

Leia também: “O escândalo do passaporte sanitário”, artigo de Guilherme Fiuza publicado na Edição 58 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro