-Publicidade-

Pela venda do TikTok, China acusa EUA de ‘intimidação’

Aplicativo é suspeito de passar informações de seus usuários para o Partido Comunista
Aplicativo Tik Tok é suspeito de estar às ordens do Partido Comunista da China | Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR
Aplicativo Tik Tok é suspeito de estar às ordens do Partido Comunista da China | Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR | Aplicativo Tik Tok é suspeito de estar às ordens do Partido Comunista da China | Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR

Aplicativo é suspeito de passar informações de seus usuários para o Partido Comunista

pela venda
Aplicativo TikTok é suspeito de estar às ordens do Partido Comunista da China
Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR

O Partido Comunista da China acusou os Estados Unidos de “intimidação pura e simples” depois de o presidente Donald Trump determinar a venda até meados de setembro do aplicativo TikTok, que pertence à empresa chinesa ByteDance. O app é suspeito de estar a serviço do governo chinês para espionar os usuários da plataforma.

O TikTok deve encerrar suas atividades nos EUA em 15 de setembro — “a menos que a Microsoft, ou alguém, possa comprá-lo e concluir um acordo”, anunciou o presidente republicano na segunda-feira 3, ao mencionar que o aplicativo tem quase 1 bilhão de usuários no mundo, principalmente adolescentes.

De acordo com o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, empresas como TikTok e Huawei podem estar obtendo informações dos cidadãos, como seu “padrão de reconhecimento facial, residência, números de telefone, amigos e com quem entram em contato”. Portanto, é prioridade do governo zelar pela segurança nacional, segundo Pompeo.

Leia também: “Brasil tem de se proteger da Huawei, alerta John Bolton”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês