Pfizer pede autorização para medicamento contra covid-19 nos EUA

Os pacientes tratados com Paxlovid tiveram redução de 89% no risco de hospitalização ou morte
-Publicidade-
O Paxlovid foi desenvolvido pela Pfizer
O Paxlovid foi desenvolvido pela Pfizer | Foto: Shutterstock

A Pfizer comunicou na terça-feira 16 que está buscando a autorização para o uso emergencial de seu medicamento contra a covid-19 nos Estados Unidos. De acordo com a farmacêutica, os testes demonstraram “redução de 89% no risco de hospitalização relacionada à covid-19 ou morte por qualquer causa” nos pacientes tratados com o antiviral Paxlovid, fármaco desenvolvido pela companhia. A empresa iniciou o envio de dados para a agência americana reguladora de medicamentos (FDA, na sigla em inglês) em outubro.

“Se autorizado ou aprovado, o Paxlovid seria o primeiro antiviral oral de seu tipo, um inibidor da protease 3CL projetado especificamente para combater a Sars-CoV-2 que poderia ser prescrito como um tratamento caseiro para pacientes de alto risco ao primeiro sinal de infecção, potencialmente ajudando os pacientes a evitar doenças graves que podem levar à hospitalização e à morte”, afirmou a Pfizer em comunicado.

-Publicidade-
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.