Portugal avança em negociações para reconhecer vacinas aplicadas no Brasil

Presidente do país, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou que as conversas estão evoluindo; CoronaVac pode ser aceita
-Publicidade-
O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, participou da reinauguração do Museu da Língua Portuguesa
O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, participou da reinauguração do Museu da Língua Portuguesa | Foto: Divulgação

O governo de Portugal vem avançando em negociações com autoridades brasileiras para que as vacinas contra a covid-19 aplicadas no Brasil sejam reconhecidas pela autoridade sanitária portuguesa, informa a Agência Lusa de Notícias. Além disso, há conversas em torno do fim da quarentena obrigatória atualmente imposta a viajantes brasileiros.

O presidente português, Marcelo Rebelo de Souza, esteve no Brasil e participou de um encontro com representantes da Casa de Portugal, em São Paulo, onde detalhou as negociações. Ele também compareceu à reinauguração do Museu da Língua Portuguesa.

Leia mais: “Região de Portugal libera entrada de quem tomou qualquer vacina contra covid-19”

-Publicidade-

“[Vamos analisar] Em que termos seria esse acordo, respeitando as regras da União Europeia, se é possível que brasileiros e portugueses vacinados possam entrar no mesmo regime das vacinas até agora reconhecidas na Europa”, disse Rebelo.

Hoje, os imunizantes Covishield (a vacina da AstraZeneca fabricada na Índia) e CoronaVac (da chinesa Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan) estão entre os que não têm autorização da Agência Europeia de Medicamentos (EMA).

Leia também: “Covid-19: Pifzer envia mais 2 milhões de doses da vacina ao Brasil”

As viagens entre Brasil e Portugal estão limitadas neste momento a motivos excepcionais, com obrigatoriedade de apresentação de um teste PCR negativo para a covid-19, além de quarentena de 14 dias na chegada ao país. “Vamos ver se é possível dispensar a quarentena”, disse o presidente português.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro