Portugal fecha bares e restaurantes para conter Ômicron

País também exigirá a apresentação de um teste negativo para a covid-19 na entrada de pontos turísticos e hotéis
-Publicidade-
Lisboa voltou a entrar em estado de atenção diante do avanço da variante Ômicron do coronavírus
Lisboa voltou a entrar em estado de atenção diante do avanço da variante Ômicron do coronavírus | Foto: Alexander De Leon Battista/Flickr

Assim como a Alemanha, o governo de Portugal anunciou nesta terça-feira, 21, uma série de medidas para tentar conter o avanço da variante Ômicron do coronavírus.

A principal decisão tomada é o fechamento de bares e restaurantes entre os dias 26 de dezembro e 9 de janeiro. Durante esse período, os portugueses deverão trabalhar de forma remota, em home office.

Portugal também exigirá a apresentação de um teste negativo para a covid-19 na entrada de pontos turísticos e hotéis. A exigência do passaporte da vacina também será adotada em casamentos, batizados, eventos de empresas, espetáculos culturais e ginásios esportivos.

-Publicidade-

Já nos dias 24, 25, 30 e 31 de dezembro e 1º de janeiro, será obrigatório apresentar o teste com resultado negativo para entrar em restaurantes e festas de Ano Novo. O consumo de bebidas alcoólicas nas ruas será proibido, e eventos ao ar livre não poderão reunir mais do que dez pessoas.

O primeiro-ministro de Portugal, António Costa, havia anunciado a “semana de contenção” da covid-19 para o período entre 2 e 9 de janeiro de 2022, antes de a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarar que a Ômicron era uma “variante de preocupação”.

Nas últimas 24 horas, Portugal registrou mais de 5,7 mil casos de covid-19 e 16 mortes, segundo dados divulgados pela Direção-Geral de Saúde. Mais de 87% dos portugueses estão totalmente vacinados contra a doença.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.