Prefeito de Nova Iorque vai punir servidores não vacinados contra covid

Funcionários públicos municipais que não tomarem o imunizante vão ficar suspensos sem direito a remuneração
-Publicidade-
O prefeito de Nova Iorque, Bill de Blasio
O prefeito de Nova Iorque, Bill de Blasio | Foto: Kevin Case/Flickr

O prefeito de Nova Iorque, Bill de Blasio, determinou a suspensão do cargo sem direito a remuneração para os funcionários públicos da cidade que não se vacinarem contra a covid-19 até a próxima semana. A punição foi anunciada nesta quarta-feira, 20.

Blasio também ofereceu uma recompensa de US$ 500 para os servidores municipais que tomarem a primeira dose do imunizante até 29 de outubro às 17 horas. Depois da data, a apresentação do certificado de vacinação será exigido.

-Publicidade-

De acordo com o prefeito, 71% de todos os 160 mil trabalhadores da cidade de Nova Iorque já receberam pelo menos uma dose de vacina para combater a doença. Em números aproximados, o prêmio proposto por ele pode custar aproximadamente US$ 22 milhões — quantia despendida caso os 29% restantes (46,4 mil pessoas) tenham recebido a primeira injeção até o dia e o horário marcados.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.