Presidente das Filipinas ameaça prender quem se recusar a tomar vacina da covid-19

País enfrenta um dos piores surtos da Ásia, com mais de 1,3 milhão de casos e mais de 23 mil mortes
-Publicidade-
Rodrigo Duterte é presidente das Filipinas
Rodrigo Duterte é presidente das Filipinas | Foto: Reprodução/Flickr

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, ameaçou prender as pessoas que se recusarem a ser vacinadas contra o novo coronavírus. Atualmente, o país enfrenta um dos piores surtos da Ásia, com mais de 1,3 milhão de casos e mais de 23 mil mortes.

“Você escolhe: vacina ou vai preso”, disse Duterte, em pronunciamento televisionado nesta segunda-feira, 21, após reportagens sobre o baixo comparecimento em postos de vacinação da capital das Filipinas, Manila.

Os comentários de Duterte contradizem as declarações das autoridades de saúde do país acerca da obrigatoriedade da vacina contra a covid-19. Segundo os especialistas, a imunização deve ser um gesto voluntário. “Não me entendam mal, há uma crise neste país”, disse Duterte. “Só estou exasperado de os filipinos não estarem ouvindo o governo.”

-Publicidade-

Leia também: “‘Estou interessado em vacinar a população’, diz Queiroga”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site