Reino Unido vai obrigar vacinação dos profissionais da saúde pública

Medida não se aplica aos funcionários impedidos de tomar o imunizante por razões médicas
-Publicidade-
O ministro da Saúde, Sajid Javid
O ministro da Saúde, Sajid Javid | Foto: Divulgação/Governo Britânico

O governo do Reino Unido vai obrigar a vacinação de todos os profissionais de saúde pública da linha de frente. Anunciada nesta terça-feira, 9, a medida passa a valer a partir de 1º de abril, sob pena de perda do emprego para os não vacinados. A regra não se aplica aos funcionários que não trabalham com o atendimento direto dos pacientes ou que estão impedidos de fazer uso do imunizante por razões médicas.

“Cheguei à conclusão de que todos os que trabalham para o NHS [siga em inglês para serviço público de saúde] têm de ser vacinados [contra a covid-19]”, disse o ministro da Saúde, Sajid Javid, ao Parlamento. Ele afirmou que “cerca de 90% do pessoal do NHS já recebeu duas doses” do imunizante, embora em alguns hospitais “esse número caia para quase 80%”. A saúde pública britânica conta com 1,2 milhão de empregados, sendo que 627 mil estão na linha de frente.

-Publicidade-
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.