Rússia: prefeitura de Moscou determina que idosos fiquem em casa

Empresas terão de trabalhar com 30% dos funcionários em home office
-Publicidade-
Monumento na Praça Vermelha, Moscou, Rússia
Monumento na Praça Vermelha, Moscou, Rússia | Foto: Divulgação/Kremlin

Em Moscou, idosos não vacinados contra a coivd-19 terão de ficar em casa pelos próximos quatro meses, e as empresas precisarão funcionar com pelo menos 30% dos seus empregados em home office a partir de 25 de outubro. O governo da capital russa divulgou a determinação nesta terça-feira, 19.

Pandemia na Rússia

As autoridades da Rússia registraram hoje 1.015 mortes relacionadas ao coronavírus informadas nas últimas 24 horas. O número é o maior nesse intervalo desde o início da pandemia.

-Publicidade-

Em média, 948 russos morreram diariamente com a covid-19 neste mês de outubro. A contagem das vítimas de agosto ficou em 801, a segunda maior atualmente.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.