Secretário de Estado do Reino Unido se demite em pleno Parlamento

Theodore Agnew alega que o governo não atuou de maneira eficaz no combate à corrupção
-Publicidade-
Theodore Agnew não faz mais parte do governo britânico
Theodore Agnew não faz mais parte do governo britânico | Foto: Reprodução/Twitter

O secretário de Estado das Finanças do Reino Unido, Theodore Agnew, pediu demissão nesta segunda-feira, 24, em pleno Parlamento. O político conservador alega que o governo não atuou de maneira eficaz no combate à corrupção, que ocorreu nos programas assistenciais durante a pandemia. Foram cerca de £ 4,3 bilhões desviados, segundo o Ministério das Finanças.

“Levando em conta que sou responsável pelo combate à fraude, seria desonesto me manter em um cargo no qual sou incapaz de desempenhar devidamente minhas atividades”, declarou Agnew. “Por essa razão, decidi apresentar a minha demissão, com efeito imediato.”

Responsável pelo setor de Eficiência e Transformação desde 2020, Agnew também criticou a supervisão do governo aos programas de ajuda financeira às empresas. “A perda total por fraude é estimada em £ 29 milhões por ano”, destacou. “É claro que nem tudo pode ser evitado, mas uma combinação de arrogância, desleixo e ignorância paralisa a máquina do governo.”

Segundo Agnew, a demissão não está relacionada à crise que envolve o primeiro-ministro do país, Boris Johnson.

Trabalhistas do Reino Unido comemoram

Depois de sair do Parlamento, o ex-secretário foi aplaudido, até mesmo por opositores. “Penso que acabamos de testemunhar um dos momentos mais dramáticos a que já assistimos na Câmara”, disse a líder do Partido Trabalhista na Câmara de Lordes, Angela Smith. “Um secretário de Estado decidiu que sua integridade o impediu de continuar como membro do governo.”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.