Social-democratas e conservadores empatam nas eleições da Alemanha, indica pesquisa de boca de urna

Os partidos irão agora procurar outras legendas para formar coalizões e construir um governo no Parlamento
-Publicidade-
Candidato conservador Armin Laschet e chanceler da Alemanha, Angela Merkel | Foto: Reprodução/Redes Sociais
Candidato conservador Armin Laschet e chanceler da Alemanha, Angela Merkel | Foto: Reprodução/Redes Sociais

De acordo com a pesquisa de boca de urna e confirmando as previsões das últimas semanas, as eleições alemãs indicam um empate técnico entre o Partido Social-Democrata (SPD), de centro-esquerda, e o conservador União Democrata-Cristã (CDU).

De acordo com levantamento divulgado pela rede ZDF e publicado pelo jornal Estado de S. Paulo, o SPD aparece com 26% dos votos, enquanto o CDU de Merkel tem 24%. Outra pesquisa veiculada pelo canal ARD, indica que ambos conseguiram 25% dos votos. Estas pesquisas, no entanto, não levam em consideração os votos enviados pelo correio. O partido ambientalista aparece em terceiro lugar, com 14,5% 15% dos votos, respectivamente.

Os alemães foram às urnas neste domingo, 26, para escolher o sucessor da chanceler Angela Merkel, que deixa o cargo após 16 anos.

-Publicidade-

Se o resultado se confirmar, Olaf Scholz, do SPD, atual ministro de Finanças, e Armin Laschet, do CDU, governador da Renânia do Norte-Vestfália disputarão entre si o cargo de chanceler. Os partidos irão agora procurar outras legendas para formar coalizões e construir um governo no Parlamento.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.