Revista Oeste - Eleições 2022

Socialistas vencem eleição em Portugal

'Uma maioria absoluta não é o poder absoluto', disse o primeiro-ministro António Costa, que continuará no cargo
-Publicidade-
Primeiro-ministro de Portugal, António Costa | Foto: Reprodução/Redes Sociais
Primeiro-ministro de Portugal, António Costa | Foto: Reprodução/Redes Sociais

O Partido Socialista (PS), no poder desde 2015, venceu as eleições legislativas de Portugal neste domingo, 30, com 41,63% dos votos. Diante disso, o atual primeiro-ministro António Costa vai continuar comandando o país.

Em um resultado considerado surpreendente, o PS está próximo de conseguir a maioria absoluta na Assembleia da República, o que pode possibilitar que a legenda consiga governar sem formar alianças.

-Publicidade-

“Uma maioria absoluta não é o poder absoluto. Não é governar sozinho, é uma responsabilidade acrescida”, disse António Costa ao comemorar a vitória.

O Partido Social-Democrata (PSD), de centro-direita, liderado por Rui Pio ficou em segundo lugar com 27,89% dos votos. “O resultado que tivemos está muito longe daquilo que entendemos que iríamos ter”, disse.

Em Portugal, o voto não é obrigatório e 42% da população votante não compareceu. Mesmo quem estava infectado foi liberado a ir às urnas seguindo protocolos sanitários.

Uma outra força importante na Assembleia da República será o partido de direita Chega que ficou em terceiro lugar com 7,15%. A agremiação passará de apenas um deputado para 11.

Até 2019 o PS governava com o apoio de outros partidos de esquerda, mas nas eleições daquele ano, os socialistas conseguiram aumentar sua bancada e optaram por negociar individualmente nas votações.

O rompimento definitivo se deu em outubro do ano passado, depois do Bloco de Esquerda e o Partido Comunista votaram contra o Orçamento de 2022 e, diante disso, o presidente Marcelo Rebelo de Sousa optou por antecipar um novo pleito.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

14 comentários Ver comentários

  1. Pode ver que todos os países que o povo não foi votar a esquerda ganhou . Depois irão reclamar mas daí sera tarde pois para votar tem preguiça de sair de casa , agora irão ver o país virar outra Venezuela ou Argentina é triste mas foi o próprio povo que quis assim e assim será . O poder emana do povo se o povo não vai a luta o diabo vence .

  2. A Espanhã e Portugal sempre flertaram com a esquerda. É o circo de horrores e por isso sempre andam na rabeira ou dependente do resto da Europa. Espero que nao sigamos o mesmo caminho

    1. Com Barroso, aquele que mente e diz que nunca os computadores do TSE foram hackeados, que quer incriminar quem descobriu que computadores do TSE foram hackeados, aquele que fez acordo com SG, aquele que quer banir uma ou duas redes sociais para as eleições, aquele que defendeu um terrorista no STF , TUDO PODE ACONTECER AQUI. Ainda mais com um presidente que já abdicou de suas prerrogativas institucionais e constitucionais, Lula já está colocando a faixa e formando o governo. Pobre país.

  3. Quase metade do país não votou. O descrédito em políticos é mundial.

    Mas aí, pensa, não sai pra votar e não levanta a bunda pra lutar por nada, mas deve reclamar bastante com textinho na internet.

  4. Quem tem consciência vai voltar e aqui não foi diferente houve um abstenção recorde em 2018 e por isso esse estúpido foi eleito. Quero ver agora, nós já sabemos das estupidezes e inapropriada gestão e desmantelamento das instituições.

  5. Voto facultativo sempre beneficia a esquerda, pois o esquerdalha não deixa de votar nunca, já o pessoal da direita está ocupado trabalhando ou aproveitando a folga para o lazer!!!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.