Suíça frustra imprensa e barra aumento de financiamento público

Em crise, mídia privada receberia R$ 860 milhões
-Publicidade-
Atualmente, a mídia suíça sofre com a queda em receitas publicitárias
Atualmente, a mídia suíça sofre com a queda em receitas publicitárias | Foto: Divulgação/Canva

Por meio de um plebiscito nacional, a Suíça rejeitou aumentar o financiamento público para a imprensa privada. Cerca de 55% dos eleitores foram contra o pacote de 151 milhões de francos suíços (R$ 860 milhões) por sete anos.

Responsáveis pela proposta, o Conselho Federal e o Parlamento da Suíça lamentaram a decisão. Segundo os dois órgãos do governo, a medida beneficiaria a mídia nacional, sobretudo jornais regionais, hoje em agonia.

Os que derrubaram a iniciativa no domingo 13 sustentam que a imprensa tem de caminhar com as próprias pernas. Além disso, aportes do dinheiro dos pagadores de impostos tornariam a mídia do país menos independente.

-Publicidade-

Crise da imprensa e pedido de financiamento público

Atualmente, a mídia suíça sofre com a queda em receitas publicitárias. Em um levantamento, o Poder Executivo resumiu a situação: “As receitas publicitárias estão cada vez mais fluindo para cofres de grandes plataformas internacionais da internet”. O governo informou ainda que pelo menos 70 jornais fecharam desde 2003 e que a venda de assinaturas digitais é baixa. “As emissoras privadas de rádio e de televisão também perdem receitas publicitárias.”

Leia também: “O tombo da velha mídia”, reportagem de Dagomir Marquezi publicado na Edição 54 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários Ver comentários

  1. ATÉ TU suicinha?!?
    Éééé!!
    Roubar o ouro nazzialemão deu bastante lucro nesses anos todos né?! Limpinhos!
    ACABOU O DINDIN É?!
    gastar dinheiro público com a imprensa?!
    Os sapatenis do Novo 30 sabem disso??!! kkkkkk

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.