Talibã ataca a casa do ministro da Defesa do Afeganistão

O grupo terrorista avisa: 'Isso é só o começo'
-Publicidade-
Membros do Talibã | Foto: Divulgação/Talibã
Membros do Talibã | Foto: Divulgação/Talibã

O grupo terrorista Talibã está mostrando muito mais ousadia do que se esperava nesta fase de retirada das forças ocidentais do Afeganistão. Na noite da última terça-feira, 3, o grupo atacou diretamente a casa do ministro da Defesa, Bismillah Khan Mohammadi, localizada na região considerada mais segura da capital, Cabul.

“Com o Talibã, Afeganistão volta à ‘idade das trevas’” 

O ataque começou com a explosão de um carro-bomba na frente do prédio do ministro. Continuou por horas, com mais bombas e tiros que provocaram pelo menos oito mortes e 20 feridos e causaram pânico na vizinhança, numa região habitada por altos funcionários do governo. Quatro terroristas foram mortos.

-Publicidade-

“EUA intensificam ataques aéreos no Afeganistão” 

O Talibã já avisou que esse é apenas “o começo de ataques retaliatórios” contra militares afegãos e as poucas tropas estrangeiras que permanecem no país antes da retirada total de 11 de setembro. Ao mesmo tempo, manifestações populares estão ocorrendo em várias cidades contra a crescente ameaça dos extremistas islâmicos.

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro