Talibã descumpriu garantias sobre direitos das mulheres, afirma Bachelet

Declaração foi proferida durante reunião no Conselho de Direitos Humanos da ONU
-Publicidade-
Michele Bachelet é alta-comissária da ONU para os Direitos Humanos
Michele Bachelet é alta-comissária da ONU para os Direitos Humanos | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

O alto-comissário da Organização das Nações Unidas (ONU) para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, disse nesta segunda-feira, 13, que o Talibã está descumprindo as garantias sobre os direitos das mulheres no Afeganistão.

De acordo com Bachelet, relatórios da ONU mostraram que, em alguns casos, as mulheres receberam ordens de ficar em casa, supostamente para a própria segurança, visto que os talibãs “não são treinados para lidar com mulheres”.

A declaração foi feita durante reunião do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas.

-Publicidade-

Aulas mistas

Conforme noticiou Oeste, o Talibã confirmou que as mulheres poderão continuar a estudar em universidades; contudo, terão de ficar em salas separadas dos homens.

“Isso não representa nenhum problema para nós”, disse o ministro do Ensino Superior do país, Abdul Baqi Haqqani, em coletiva de imprensa. “São muçulmanos e vão aceitar isso. Decidimos separar [homens e mulheres] porque as classes mistas são contrárias aos princípios do Islã.”

Leia também: “A tragédia do Afeganistão envergonha o Ocidente”, artigo de Tim Black, da Spiked, publicado na Edição 73 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

14 comentários

  1. Ué? Bachelet, a terrorista, seguidora de Fidel e Che, quer enganar quem? O Chile já está voltando para a ideologia de antes de Pinochet. A Argentina já voltou ao Peronismo radical de esquerda alinhado com Cuba e China. A Bolívia já voltou para Evo. A Venezuela está mais comunista que na era Chavez. No Peru o comunismo voltou agora. No Brasil, já estamos em uma ditadura sabe-se lá de quem porque tem 10 querendo o cargo de ditador. Nós EUA a coisa está esquisita. Na Europa a Merkel e Macron não querem largar seus cargos. Aí vem essa Bachelet querendo fazer “acordo” com Taliban. Engana quem?

  2. Bom dia, eu gostaria de saber onde estão as feministas que não estão fazendo manifestações em favor das mulheres do Afeganistão, eu dou um conselho que elas viagem para o Afeganistão e vão protestar lá contra o Talibã para defenderem as mulheres, ou dou outro conselho que os esquerdistas aqui do Brasil que defendem as minorias vão no Afeganistão e o MBL também e apresentem um pedido de impeachment contra o Talibã ( ironia apenas ).

  3. É mais que óbvio que seria assim.
    Feministas esquerdóides nenhum artiguinho na Folha à respeito?
    Para onde cvs foram? Estão de férias ou será a quarentena?

  4. Sra Bachelet finge não estar tratando com terroristas, ao falar de “garantias”.
    Terrorista está cagando para quaisquer tipos de garantias. Ela sabe muito bem disso.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro