Talibã está perseguindo gays, denuncia comunidade LGBT no Afeganistão

'A situação piora a cada dia. O medo de ser presa faz parte da vida agora', relata testemunha
-Publicidade-
LGBTs estão se escondendo com medo da perseguição no país
LGBTs estão se escondendo com medo da perseguição no país | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Balkhi nasceu no Afeganistão. Enquanto os norte-americanos estavam no país, sua família a aceitou como lésbica. Depois da volta do Talibã ao poder, eles tiveram de se esconder com medo de serem presos ou até mortos.

Leia também: “Talibã reabre escolas ‘apenas para estudantes e professores do sexo masculino’”

“A situação piora a cada dia”, afirmou Balki. “O medo de ser presa faz parte da vida agora, e estou tão estressada que nem consigo dormir.”

-Publicidade-

Ativistas ouvidos pela CNN falam em centenas de pessoas LGBT tentando deixar o país por medo de perseguição. Os extremistas ainda não se manifestaram sobre a severidade com a qual esses grupos serão tratados em seu governo. Entretanto, em uma entrevista ao jornal alemão Bild em julho, um juiz do Talibã disse que a homossexualidade tinha apenas duas punições: o apedrejamento ou ser esmagado sob uma parede.

Há relatos de afegãos sendo estuprados por sua homossexualidade. Durante a presença militar dos Estados Unidos isso também ocorria, contudo o temor agora é que a violência contra pessoas LGBT seja incentivada pelas autoridades.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

17 comentários Ver comentários

  1. Mas essa sigla que aos poucos vai ocupando todas as letras do alfabeto não é defensora ferrenha do Comunismo e odeia a direita??????
    Taí um lugar bom p mandar os ativistas brasileiros dessa sigla e as feminazes também, ainda ajudo com o dinheiro da passagem.

  2. Essa perseguição aos adeptos e simpatizantes do LGBT mostra como a cultura mulçumana é intolerante. Nas, por outro lado, mostra a hipocrisia dos defensores e simpatizantes desta causa, tão ativos em condenar os conservadores do mundo ocidental, atribuindo-lhes a pecha dessa mesma intolerância, quando convenientemente silencia em relação ao compirtamento dos seus algozes mais cruéis. É muita hipicrisia!

    1. Pois bem. Por que a tchurma dos direitos humanos e defensores da diversidade não se posicionam? E os esquerdalhas defensores das minorias, onde estão?

  3. Incrível, porque de acordo com aquela jornalista da CNN que falou que os Talibans eram amigáveis, isso não iria acontecer. Se não me engano ela também fugiu de lá. Será que ela é?

  4. Atrás de alguém que está no homossexualismo, nas drogas, se encontra dormindo na vida, existe um ser humano, não devemos punir, pois isso só cabe a Deus, ou tentamos ajudar ou deixemos cada irmão viver a vida que escolheu pra si.

      1. Não somos bolsonaristas, otário, somos Brasil, nossa bandeira é verde e amarela. Lutamos pelo que nos representa, tua ignorância e alienação não t permite enxergar o tipo de gente que apoia a esquerda, graças a DEUS somos maioria absoluta.

    1. Não entendo a preocupação, isso está com cara de fake News já que, assim que tomaram o poder, toda mídia militante afirmou que o Talibã estava moderado e iria respeitar os direitos humanos, será de forma “inusitada” a grande Mídia se equivocou? Todos os países comunistas também são homofóbicos e perseguem os LGBTs, mas de acordo com a grande mídia militante isso só acontece nos países mais democráticos…a realidade é fascista por não corroborar com o narrativa deles?

  5. Ué, cadê as bonecas, sapatões e artistas drogadinhos de toda parte do mundo para encararem? Já que onde há democracia a corja toda quer ditar seu modo de viver, agora que todos peguem um avião e deem um pulinho no Afeganistão peitar o Talibã! kkk

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.