TikTok será proibido nos EUA, promete Trump

Presidente norte-americano anuncia estratégia contra o aplicativo chinês
-Publicidade-
TikTok segue ativo nos EUA, mas não por muito tempo no que depender de Trump | Foto: CANVA
TikTok segue ativo nos EUA, mas não por muito tempo no que depender de Trump | Foto: CANVA | tiktok - estados unidos - donald trump - aplicativo da china

Presidente norte-americano anuncia estratégia contra o aplicativo chinês

tiktok - estados unidos - donald trump - aplicativo da china
TikTok segue ativo nos EUA, mas não por muito tempo no que depender de Trump | Foto: CANVA
-Publicidade-

Após iniciar o mês passado estudando a possibilidade de proibir aplicativos de origem chinesa, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, encerrou julho com ao menos uma decisão nesse sentido. Na noite de sexta-feira, 31, ele anunciou que banirá o TitkTok.

Leia mais: “Moraes amplia multa contra Facebook e Twitter

O posicionamento de Trump contra a rede social foi divulgado por meio de conversas com repórteres. De acordo com a agência de notícias AFP, o presidente norte-americano enfatizou que tem autonomia para tomar esse tipo de atitude. No caso, impedir o funcionamento de um aplicativo.

“Posso fazer isso com uma ordem executiva”

“Tenho essa autoridade. Posso fazer isso com uma ordem executiva”, disse, ao citar, assim, decisão que, em relação ao sistema brasileiro, pode ser comparada a um decreto presidencial. “No que diz respeito ao TikTok, estamos banindo-o dos Estados Unidos”, complementou o integrante do Partido Republicano.

Ação contra a China

A promessa de Donald Trump pode ser encarada mais do que ação contra uma plataforma de redes sociais. De acordo com informações da imprensa internacional, a medida contra o aplicativo ocorre após autoridades dos Estados Unidos estimarem que o TikTok poderia ser usado como instrumento de captação de dados pelo Partido Comunista chinês.

Os Estados Unidos não são, aliás, o primeiro país a se voltar contra o popular app. A Índia, por exemplo, adotou medida similar à propagada por Trump em junho. Na ocasião, conforme registrado por Oeste, o governo indiano afirmou que proibir a plataforma representaria zelar pela “segurança nacional”.

EXCLUSIVO PARA ASSINANTES: “O STF quer editar o povo brasileiro” — artigo do jornalista J. R. Guzzo publicado na 19ª edição da Revista Oeste

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site