Trump: investigação sobre Capitólio distrai EUA de ‘desastre’ Biden

Ex-presidente dos EUA afirma que comitê que investiga invasão ao Congresso pretende evitar sua candidatura em 2024
-Publicidade-
Apoiadores de Trump tomaram o Congresso em protesto contra vitória de Biden
Apoiadores de Trump tomaram o Congresso em protesto contra vitória de Biden | Foto: Wikimedia Commons

O ex-presidente norte-americano Donald Trump divulgou na segunda-feira 13 uma declaração de 12 páginas a respeito da investigação sobre a invasão do Capitólio em 6 de janeiro de 2021, ainda em sua administração na Casa Branca.

Na oportunidade, apoiadores de Trump invadiram o prédio, que serve ao Congresso norte-americano, em protesto contra o resultado das eleições presidenciais, contestando a legalidade da vitória do democrata Joe Biden.

Na opinião do republicano Trump, a investigação parlamentar sobre o episódio, conduzida pelos adversários democratas, é uma tentativa de distrair a população do país sobre o ‘desastre’ do governo Biden até o momento.

-Publicidade-

A manifestação do ex-presidente acontece depois que o comitê de investigação realizou duas audiências acusando Trump de tentativa de golpe para permanecer no poder.

“Dezessete meses depois dos eventos de 6 de janeiro, os democratas são incapazes de oferecer soluções. Eles estão desesperados para mudar a narrativa de uma nação falida, sem sequer mencionar o caos e a morte causados ​​pela esquerda radical apenas alguns meses antes”, disse Trump, em comunicado, em referência aos tumultos que eclodiram durante os protestos por justiça racial nos EUA em 2020.

“Não se engane, eles controlam o governo. Eles são donos desse desastre. Eles esperam que essas audiências de alguma forma alterem suas perspectivas de fracasso.”

Trump conclui o comunicado afirmando que o real motivo das investigações sobre o Capitólio é evitar que ele se candidate nas eleições presidenciais de 2024. Atualmente, o ex-ocupante da Casa Branca desponta como principal nome do Partido Republicano para o pleito.

Comitê ‘teatral’

Em editorial publicado na última semana, o Wall Street Journal definiu o comitê de investigação sobre a invasão do Capitólio como ‘teatral’, dizendo que o Partido Democrata “espera tirar de foco os problemas enfrentados pelo governo Joe Biden — que incluem inflação crescente, questões imigratórias, crime crescente e escassez de leite infantil”.

“Desde que foi instaurada, a comissão sobre a invasão ao Capitólio ouviu mais de mil pessoas e reuniu 140 mil documentos. Mas, adicionalmente, o comitê de investigação também tem servido como palco para que parlamentares se exibam ao público do país.”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

  1. Hoje o povo americano se deu conta do grande presidente que eles perderam “Trump”agora os alinhados do “Biden”tentam desconstruir a verdade dos fatos temendo o retorno de “Trump”. Aqui no Brasil a esquerda que só destruiu o Brasil, secaram os cofres públicos, criam a narrativa que Bolsonaro é isso ou aquilo de ruim, mas na prática não provam nada e só tentam atrapalhar o crescimento do país…estão tentando de todas as formas esconder os crimes do ladrão de nove dedos, um judiciário que luta contra a verdade e o bem estar do cidadão de bem, e fazem questão de perseguir as pessoas honestas e decentes, numa tentativa de credenciar seus patrões corruptos envolvidos no maior escândalo de corrupção do universo, para que voltem ao poder para continuarem com seus crimes.”só esqueceram que o povo de bem acordou e não permitiremos a volta de corruptos ao poder de nossa nação de bem”. Bolsonaro o melhor presidente que o Brasil estar tendo a oportunidade em governar nossa amada nação.

  2. Tá igual ao inquérito das fake news e de atos antidemocráticos aqui pelo STF! É só pra justificar a perseguição a Bolsonaro e seus aliados, e também, tirar o foco da liberdade do Luladrão!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.