Turquia libera aplicação da 4ª dose para imunizados com a CoronaVac

Novas variantes e viagens internacionais preocupam o governo
-Publicidade-
Imunizante chinês tem 50,3% de eficácia contra o novo coronavírus
Imunizante chinês tem 50,3% de eficácia contra o novo coronavírus | Foto: Divulgação

O governo da Turquia autorizou a aplicação de uma quarta dose da vacina contra o novo coronavírus para pessoas com mais de 60 anos e profissionais da saúde que tomaram a CoronaVac. O anúncio foi feito no início da semana. Conforme as autoridades, a injeção extra poderá ser solicitada 21 dias depois do recebimento da terceira. Desde 1º de julho, a Turquia oferece a possibilidade de terceira dose da CoronaVac ou da Pfizer/BioNTech ao público citado anteriormente, com a finalidade de aumentar a imunidade.

“Governo Doria recua e admite que considera 3ª dose da CoronaVac”

A iniciativa se deu em razão do surgimento das novas variantes, além de permitir viagens internacionais em países que rejeitam o produto chinês, argumenta o governo. “Apenas tipos específicos de vacinas são aceitos para entrada em alguns países”, declarou o ministro da Saúde turco, Fahrettin Koca, na segunda-feira 16. “Um regulamento especial foi feito para aqueles que solicitam duas doses de uma vacina de mRNA para cumprir os regulamentos desses países”, acrescentou ele, em publicação feita nas redes sociais.

-Publicidade-

Leia também: “Precisamos falar sobre a CoronaVac”, reportagem publicada na Edição 67 da Revista Oeste

Com informações da agência de notícias EFE

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro